terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Notas de Fevereiro 2013

Minha balança e eu continuamos em total harmonia! Já escrevi aqui sobre o meu “contraste leve” e sobre alguns livros que me ajudaram muito a manter o controle de peso. Pois bem, depois de vários meses seguindo as dicas do “the Diet Cure”, só tenho algo a afirmar: elas funcionaram mesmo - há meses estou conseguindo manter meu peso sem o menor stress.
Aqui, uma listinha de coisas gostosas que continuam transformando a minha cozinha light-express em um grande prazer:
P1060411P1060408
Hamburger-light do Migros, foi  o melhor de todos que já comprei.
P1060405P1060406
Descobri a pouco tempo, queijo Gruyère em fatias  no Migros; ele, além de ser  de excelente qualidade, as suas fatias são mais estreitas do que as dos outros queijos: AMEI!!! Não gosto quando o queijo sai desmanchando das laterais do sanduíche. 
P1060407P1060352
Essa foi o melhor descoberta do inverno: Mamão Formosa ou Papaia fresquíssimos  para comprar no Migros ou no Coop. Caso você não saiba, não só o mamão, mas também as suas sementes trazem inúmeros benefícios para à saúde; para saber mais detalhes, clique aqui. Nunca tinha encontrado antes do Mamão Formosa na Suíça, voltei do Brasil apaixonada por ele!
P1060400P1060402P1060401
A minha última jarra de acrílico, não aguentou o tranco diário daqui :-( mas felizmente, encontrei essa jarra de plástico no Migros: com tampa, super leve e mega resistente; não deixa espirrar nada fora, posso lavar na máquina, menimiza muito o barulho do mixer, tem um bom anel de borracha embaixo etc. Enfim, vários benefícios, por um ótimo preço: TOP!!!
P1060370
Nova receita testada de Mix de Frutas: Morango, suco de maça (sem ser filtrado), suco de laranja e abacaxi – ficou irresistível!!!

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Cha Chà - Positive Eating

Ontem tive o grande prazer de almoçar novamente no Cha Chà. 
Nunca provei nada nesse restaurante que não gostasse. Os preços são bem moderados e o ambiente muito agradável. 
Einkaufszentrum Glatt
Obere Verkaufsebene
Neue Winterthurerstrasse 99
8301 Glattzentrum / Wallisellen
Tel: 058 568 38 00

GAENG KHIAW WANN GAI
Tiras de frango preparadas com curry verde, verduras diversas, bambu e leite de coco. 

Ossobuco de Vitela & Panela Riess

Ossobuco é um prato prático mas precisa de uma excelente panela para que possa cozinhar vagarosamente - concordo e tenho que ceder a isso. Já tentei antes na panela de pressão (péssima ideia), com pirex (ressecou demais) ou cozinhando em uma panela de ferro por muito tempo no fogão (um stress) e NUNCA ficou tão bom como na panela de aço esmaltada que resolvi comprar semana passada: Aleluia!!! Ela será o motivo do post de autoajuda culinária de hoje.
 Bratpfanne mit Deckel  32/22 cm  12,20 l
Imagens: Google
A panela de aço esmaltada utiliza o mesmo princípio da panela de barro Römertof:  precisa de pouco líquido, assim como pouca gordura, ajudando a conservar melhor as vitaminas e minerais dos alimentos.

As grandes vantagens na minha opinião da panela de aço esmaltada em relação à Römertopf são:
  • Esse material é mais leve e resistente do que o barro, ferro ou vidro.
  • Você pode usar as duas partes para preparar suas receitas e levá-las diretamente ao fogão também.
  • É de fácil limpeza.
  • Não gruda quase nada.
  • Ela não absorve os resíduos dos alimentos e a proliferação de bactérias não é farovecida como nas panelas de barro.
Enfim, valeu muito à pena essa nova aquisição; eu fiz a minha compra na Globus e a panela é fabricada pela firma Riess.
P1060382
“Se você crê em Deus, erga as mãos para os céus e agradeça”… esse Ossobuco ficou de comer rezando meu Povo, que delícia!

Na hora de servir, foi como sempre um desafio por causa do molho :-)
Primeiro com menos molho na foto 1, depois “apertei”o risotto e acrescentei mais molho e verdura na foto 2 (eu prefiro a variante 2)
P1060388
A minha receita de Ossobuco favorita, leva tomates picados bem maduros e acompanha Risotto alla Milanese.

As receitas que escolho são as mais simples possíveis, não tem segredo nenhum e o grau de dificuldade geralmente é minímo. Talvez por isso, quase nunca tenho receitas passo a passo para apresentar aqui. O que me leva a divulgar minhas experiências é o desejo de dividir a minha satisfação quando algo dá certo,  encorajando VOCÊ, a tentar SEMPRE, caso tenha vontade; se é possível melhorar e aprender a se virar na cozinha com menos tempo e usando acessórios que facilitem o seu dia a dia, pra que dificultar as coisas??? 
AMO COMER BEM, mas delegaria a tarefa de cozinhar sem pensar duas vezes, quero sempre saír logo de cena na cozinha. Na Suíça, tive que por a mão na massa e fazer o melhor possível, “hopp de bäse”, que literalmente significa: levante a vassoura. Sempre uso meu jardim como exemplo para explicar melhor esse sentimento, lá eu tenho GRANDE PRAZER em todos os processos… amo ficar horas criando, mexendo com a terra, entre as plantas, contemplando a natureza, me envolvo com tudo, nunca sinto que trabalho demais e adoro atuar demoradamente em todas as cenas :-)

E tem coisa que não tenho vontade alguma de tentar fazer MESMO; adoro restaurantes e acho uma diferença incrível, entre o que se pode preparar  em uma cozinha doméstica (mesmo super equipada) e as criações de um especialista  que passa anos de sua vida se aprimorando e além disso, tem uma cozinha profissional a sua disposição.  Não acredito MESMO que dê para comparar as duas coisas. Fora isso, também sei que tem muita gente que cozinha SUPER bem, MUITO MELHOR QUE EU e um dom natural para  criar e combinar pratos maravilhosos.  Com exceções das comidas caseiras, eu geralmente preciso de receita, caso contrário, esqueço muita coisa... mas apesar de tudo, continuo dando o melhor que posso. Esse blog é uma mistura de autoajuda com uma forte vontade de aprender mais, cada vez percebo que ao praticar a doação/troca somos os mais beneficiados. Puxa, como aprendi e continuo a aprender em blogs diversos; sou muito grata as valiosas dicas que descobri e tento na medida do possível também oferecer algo de volta. 
Curiosidades que eu adoro ficar sabendo: 
A receita original de risoto surgiu em 1574. Por quase 200 anos, nesse tempo, havia muito trabalho pela construção de uma Catedral,Duomo di Milano, havia carpinteiros, arquitectos e pintores de toda a Europa. Em uma pequena fazenda poliglota ali perto havia uma comunidade Belga: Valerio de Fianders, mestre na fabricação de vidros, tinha que fabricar algumas janelas para a Catedral e isso lhe trouxe muitos estudantes. Um em particular se destacava dos outros devido a sua habilidade de misturar cores. Seu segredo era misturar um pouco de açafrão quando o vidro estivesse pronto. Seu mestre sabia da paixão de seu mais prospero aluno por açafrão, mas fingia que não sabia de nada e se limitava a dizer a seu aluno, irritando-o, que se ele continuasse com isso iria acabar colocando açafrão no risoto. Após muitos anos de incomodar o aluno decide aplicar um truque no seu mestre: A filha de Valerio iria se casar e o aluno subornou o cozinheiro para esse colocar no risoto um pouco de açafrão. Imagine a surpresa dos convidados quando viram aquele arroz amarelo. Um teve a coragem de experimentar, depois outro e mais outro e todos adoraram surgindo assim o Risotto alla Milanese.
Fonte: Wikipédia

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Restaurante Zeughauskeller em Zurique


P1060267
Salsichão cozido da região de Vaud / Lausanne com Sauerkraut e batatas cozidas

E se vocês pensam que a Suíça deixa alguma coisa a desejar em matéria de Sauerkraut, tenho uma boa sugestão: Restaurante Zeughauskeller em Zurique. O ambiente do restaurante é rústico e muito tradicional; os pratos servidos são típicos suíços e há várias especialidades da culinária alemânica no cardápio.  Caso você se interesse em saber um pouco da história do antigo arsenal, clique aqui

P1060268P1060331
Salsicha Wiediker grelhada (Wiedikon é um bairro de Zurique) e temperada com ervas, servida com salada de batatas e ao lado, uma porção extra de Sauerkraut. 

O zeughauskeller está quase sempre lotado; caso você vá com pouco tempo, faça reserva antes. Eu adoro o clima de festa desse restaurante, sempre acabo conhendo alguém legal, ou batendo papo com turistas que dividem a mesma mesa. 
P1060332P1060329

Bahnhofstrasse 28 a
Paradeplatz
CH-8001 Zürich
Tel. +41 (0)44 220 15 15
info@zeughauskeller.ch

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Sanduíche de Forno com Queijo Gruyère

O suíço Daniel Humm, Chef do Eleven Madison Park em New York, mostra a preparação de um dos melhores sanduíches suíços de forno. TOP!!!



quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Adidas Performance RAETIKON TR GTX

Precisava urgentemente de um tênis que fosse Gore-Tex, leve, aguentasse o tranco das mudaças de temperatura na Suíça e me possibilitasse um caminhar confortável por trilhas, ou simplesmente em uma calçada qualquer; queria muito algo que pudesse carregar em viagens e sem ter a preocupação se esquetou ou esfriou, choveu ou fez sol... enfim, semana passada, o meu Adidas TR GTX passou no teste por completo! Fiz inúmeras caminhadas enquanto nevava (temperatura por volta de -5° na Suíça) e depois de voltar do Brasil e praticamente não tirá-lo do pé em Brasília (choveu a cântaros durante os dias que passei por lá) posso afirmar definitivamnete com prazer: APROVADÍSSIMO. Preço/custo/benefício/qualidade/conforto sem exageros, excepcional! 







Restaurante do Hotel Chur

P1060274
Sauerbraten com Polenta Rústica e Vagem
Essa talvez tenha sido a variante de Sauerbraten mais alpina que já experimentei; a combinação ficou tão fenomenal que resolvi postar aqui no blog. Ao longo das regiões da Alemanha e dos países de língua alemã como Austría e Suíça, a paixão por um bom assado é inegável. A diferença do Sauerbraten para o Schmoerbraten, é que esse passa por um outro processo antes de ser levado ao forno - fica geralmente alguns dias sendo marinado em um molho azedo preparado com vinho ou vinagre.
P1060284
Am Obertor
7000 Chur
Tel: 081 254 3400
P1060279
E depois desse almoço maravilhoso, começou minha pequena expedição. O Hotel Chur fica na entrada da cidade antiga e é só cruzar a ponte!
P1060283
Obertorerbrücke
E salve o Sauerbraten!

Chur

Com mais de  5.000 anos de história,  Chur é a cidade mais antiga da Confedereção Suíça.
P1060321
Chur, a pequena capital do Cantão de Grisões é quase completamente rodeada por montanhas.
P1060278
Obertor
As torres medievais, em perfeito estado de conservação  abrem caminho para a cidade histórica.
P1060281P1060286P1060288
***
P1060299
Sede governamental do Cantão dos Grisões

P1060303
P1060305P1060306
***
Em 1523 a ruptura entre Chur e o bispado católico aconteceu definitivamente e a cidade passou a ser protestante, mas o enclave católico permanceu e esse foi um dos motivos que me leveram a visitar Chur dessa vez.
P1060315
P1060311P1060308P1060313
P1060309P1060314

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Restaurant Le Chef em Zurique

P1060361
De volta a Zurique e morrendo de vontade de comer uma comida bem “daqui” acabei fazendo uma descoberta maravilhosa :-)
Kanonengasse 29
8004 Zürich
Telefon 044 240 41 00 
Fax 044 240 41 01
P1060362
O Restaurante Le Chef fica a alguns minutos da estação central de trem em Zurique (HB). As janelas são grandes, a iluminação excelente e as mesas, apesar de terem sido posicionadas quase lado a lado, não transformaram a atmosfera do local em algo impessoal.
plan_lechef1
P1060366
Salada de folhas mistas
O cardápio oferecido é pequeno, mas a qualidade não deixou nada a desejar.
P1060368
Schmoerbraten (carne assada) com purê de batadas e repolho